ATIVIDADES SOBRE O FILME “DIÁRIOS DE MOTOCICLETA”

FILME “DIÁRIOS DE MOTOCICLETA”

SINOPSE
Diarios de motocicleta (no Brasil, Diários de Motocicleta; em Portugal, Diários de Che Guevara) é um filme dedrama biográfico de 2004 produzido pela Argentina, Brasil, Chile, Reino Unido, Peru, Estados Unidos, Alemanha,França, com direção de Walter Salles. A produção é sobre a viagem e livro de memórias escrito por Ernesto Guevara de La Serna de 23 anos de idade, que mais tarde se tornaria conhecido internacionalmente como o icônico comandante guerrilheiro marxista e revolucionário Che Guevara. O filme narra a expedição de 1952, inicialmente por moto, em toda a América do Sul por Guevara e seu amigo Alberto Granado de 29 anos de idade. Como a aventura, inicialmente centrada em torno de hedonismo juvenil, se desenrola, Guevara se descobre transformado por suas observações sobre a vida do campesinato indígena empobrecido. Através dos personagens que eles encontram em sua jornada continental, Guevara e Granado testemunham em primeira mão as injustiças que o rosto destituído e estão expostos a pessoas e classes sociais que eles nunca teriam encontrado de outra forma. Para sua surpresa, a estrada apresenta-lhes tanto uma imagem verdadeira e cativante da identidade latino-americana. Como resultado, a viagem também planta a semente inicial de dissonância cognitiva e radicalização dentro de Guevara, que supostamente viria a ver a revolução armada como forma de combater as desigualdades econômicas endêmicas do continente.
O roteiro é baseado principalmente no livro de mesmo nome de Guevara de literatura de viagem, com um contexto adicional fornecido pelo Traveling with Che Guevara: The Making of a Revolutionary por Alberto Granado. Guevara é interpretado por ator mexicano Gael García Bernal (que já interpretou Che na minissérie de 2002 Fidel) e Granado pelo ator argentino Rodrigo de La Serna, que coincidentemente é um primo de segundo grau na vida real de Guevara em seu lado maternal.[3] Dirigido pelo brasileiro Walter Salles e escrito pelo dramaturgo porto-riquenho José Rivera, o filme foi uma co-produção internacional entre as empresas de produção da Argentina, Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Chile, Peru e França. Produtores executivos do filme foram Robert Redford, Paul Webster, e Rebecca Yeldham, os produtores foram Edgard Tenenbaum, Michael Nozik e Karen Tenkoff, e os co-produtores foram Daniel Burman Diego Dubcovsky.
Disponível em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Di%C3%A1rios_de_Motocicleta, acesso em 01 de junho de 2017.

CRÍTICA
“A vida da gente é feita de momentos. Alguns deles são bons, outros ruins; existem até mesmo aqueles momentos que são de satisfação, de realização, de alívio, de contestação, de amor, de paz e de guerra. O filme “Diários de Motocicleta”, do diretor Walter Salles e do produtor executivo Robert Redford, fala justamente sobre um momento na vida de um homem; um momento definidor e que vai marcar a vida desse homem para sempre. O homem em questão era o então estudante de Medicina argentino Ernesto Guevara de La Serna (Gael Garcia Bernal) que, às vésperas de se formar médico, decide viajar com o amigo e bioquímico Alberto Granado (Rodrigo de La Serna, que vem a ser primo em segundo grau de Che Guevara na vida real). Na viagem, os dois amigos têm o objetivo de conhecer a fundo a América Latina a bordo da “Poderosa”, a motocicleta de Granado. Desde o seu início, a viagem de Ernesto e Granado dá pistas de que será uma grande aventura, especialmente depois da “Poderosa” não aguentar as estradas esburacadas e o dinheiro que eles carregam consigo for insuficiente. Logo após uma parada estratégica para visitarem Chichina (Mia Maestro), a namorada de Ernesto, os dois amigos começam a sua jornada e conhecem diversas cidades da Argentina (de onde eles partem), Chile, Peru – país aonde permanecem por um longo tempo trabalhando e cuidando de leprosos – e Venezuela. Nesta época, Ernesto Guevara ainda não era o grande Che, o revolucionário que conhecemos e que marcou seu nome na história ao ser um dos líderes da Revolução Cubana, movimento que levou Fidel Castro ao poder. Na aventura pela América Latina, Ernesto era apenas um jovem de 24 anos, vulnerável (devido à asma que lhe atacava) e que se preocupava mais com as garotas. Entretanto, à medida em que o tempo vai passando, Ernesto se dá conta da realidade do seu continente e de seu povo, que mesmo sofrido e vivendo na miséria, com diferenças e com a exploração, ajuda aqueles a quem mal conhecem. “Diários de Motocicleta” registra o momento de transformação de um jovem num homem consciente de seu papel na sociedade. E fazer com que a platéia entenda este momento de transformação é o grande propósito do filme. A equipe técnica (direção, fotografia, edição, música, roteiro e atores) abraçou esta idéia. No final de “Diários de Motocicleta” não é só Ernesto Guevara que não é mais o mesmo; todos nós seremos pessoas diferentes e teremos uma nova perspectiva do nosso continente. Nós acordaremos e veremos que somos os agentes de transformação.”


ROTEIRO DA VIAGEM

  • BUENOS AIRES, ARGENTINA, 04 DE JANEIRO DE 1952, KM 0
  • MIRAMAR, ARGENTINA, 13 DE JANEIRO DE 1952, KM 601
  • SAN MARTIN DE LOS ANDES, ARGENTINA, 31 DE JANEIRO DE 1952, KM 2051
  • ESTAÇÃO DE TREM DE BARILOCHE, ARGENTINA, 03 DE FEVEREIRO DE 1952, KM 2270
  • LAGO FRÍAS, ARGENTINA, 15 DE FEVEREIRO DE 1952, KM 2306
  • TEMUCO, CHILE, 18 DE FEVEREIRO DE 1952, KM 2772
  •  VALPARAÍSO, CHILE, 07 DE MARÇO DE 1952, KM 3573
  • DESERTO DO ATACAMA, CHILE, 11 DE MARÇO DE 1952, KM 4960
  • MINA DE CHUQUIMATA, CHILE, 15 DE MARÇO DE 1952, KM 5122
  • CUZCO, PERU, 02 DE ABRIL DE 1952, KM6932
  • MACHU PICCHU, PERU, 05 DE ABRIL DE 1952, KM 7014
  • LIMA, PERU, 12 DE MAIO DE 1952, KM 8198
    • "SOMOS POUCOS PARA NOS DIVIDIRMOS, TUDO NOS UNE, NADA NOS SEPARA” (MARIÁTEGUI)

  • PUCALLPA, PERU, 25 DE MAIO DE 1952, KM 8985
  • SAN PABLO, PERU, 08 DE JUNHO DE 1952, KM 10225
    • "O RIO AFASTA/SEPARA OS DOENTES DOS SÃOS”

  • LETÍCIA, COLÔMBIA, 22 DE JUNHO DE 1952, KM 10240
  • CARACAS, VENEZUELA, 26 DE JUNHO DE 1952, KM 12425

PARTE 1 DA VIAGEM






TAREFAS

·        Descrever as paisagens observadas em cada trecho da viagem,caracterizando as vegetações, o clima e também as pessoas com as quais os protagonistas tiveram contato;

·        Localizar cada uma das cidades visitadas no mapa, usando o Google Earth e Elaborar o mapa com o roteiro da viagem;

·        Pesquisar sobre cada uma das cidades visitadas, juntando informações básicas como:
o   Histórico breve do local
o   Principais atividades desenvolvidas no local
o   Altitude

o   Clima


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oriente Médio - Textos e Atividades

Índia - Resumo

China - Resumo